IA Generativa: O Futuro da Inteligência Artificial e sua Aplicação no Mundo do Trabalho

Picture of Maurício "o Estagiario"

Maurício "o Estagiario"

Textos otimizado com nossa IA

Published on outubro 12, 2023, 10:45 pm

O lançamento do ChatGPT fez com que a inteligência artificial generativa se tornasse um tema amplamente discutido quando se fala sobre tendências e mudanças futuras. E essa popularidade é bastante compreensível, uma vez que essa nova tecnologia reduz os custos de resolver problemas e também facilita a cognição humana.

Segundo Karim Lakhani, professor da Harvard Business School e especialista em gestão de tecnologia, inovação, transformação digital e inteligência artificial, as IAs generativas são fundamentais e têm o potencial de transformar aspectos essenciais da vida humana, abrindo espaço para inúmeras aplicações. Isso é semelhante ao impacto da internet, que revolucionou a forma como nos comunicamos através dos computadores. A internet reduziu drasticamente os custos de transmissão de informações, criando um mundo digital que hoje consideramos como algo inerente às nossas vidas.

No caso da inteligência artificial generativa, o impacto está na redução do “custo da cognição”, ou seja, no custo para resolver problemas. Isso representa uma mudança drástica pois permite igualar o desempenho em diferentes áreas, democratisando esse acesso. Essa tecnologia afetará principalmente os trabalhadores ligados à área do conhecimento.

Lakhani destaca ainda que a popularidade em torno da IA generativa ocorre porque ela já possui diversos casos de uso concretos e vantagens mais evidentes em comparação com outras tecnologias fundamentais como blockchain. Embora o blockchain também seja uma tecnologia importante, tem levado mais tempo para se disseminar e ser adotada.

É importante ressaltar que a IA generativa ainda está em desenvolvimento e possui desafios, como vieses. Porém, o professor compara esse momento ao surgimento do automóvel: os primeiros modelos eram ruins e não funcionavam bem, mas com o tempo, a tecnologia foi refinada e mudou o mundo. Na visão do pesquisador, a IA generativa acabou de ser inventada, mas ainda precisa ser aprimorada em termos de eficiência, infraestrutura e redução de vieses. Isso leva tempo.

Uma das principais vantagens do uso da IA generativa é a capacidade de realizar tarefas mais rapidamente e eficientemente, impulsionando o desempenho. Essa ferramenta é especialmente vantajosa para pessoas que já possuem habilidades acima da média em suas áreas de atuação. No entanto, ainda há muito desconhecimento sobre as capacidades reais da IA generativa em diferentes contextos.

As pesquisas indicam que a IA generativa teve melhores resultados na criação de novas ideias e na classificação de informações, enquanto apresentou pior desempenho na análise e identificação de erros. Por isso, Lakhani aposta em um uso mais intenso dessa tecnologia nas indústrias que demandam solução de problemas.

Apesar disso, a adoção da IA generativa pelos trabalhadores ainda está abaixo do ideal. Pesquisas realizadas pela equipe de Lakhani mostram que cerca de 90% dos trabalhadores afirmam já ter utilizado inteligências artificiais generativas, sendo que aproximadamente 70% acreditam que essas tecnologias irão afetar seus empregos nos próximos três anos. No entanto, apenas 10% afirmam utilizá-las diariamente.

O professor destaca que existe uma lacuna entre o conhecimento e a prática entre os profissionais. Muitos testam a tecnologia, reconhecem sua importância, mas não a utilizam de forma efetiva. Ele ressalta que se alguém acredita que a IA generativa irá impactar seu trabalho em três anos, é preciso começar a utilizar essa tecnologia hoje mesmo. Ainda há muitas pessoas que não sabem como aproveitar todas as possibilidades oferecidas pela IA generativa, mas isso é uma questão de prática e experimentação para aprender e entender melhor suas potencialidades. Essas ferramentas são auxiliares cognitivos que ajudam na resolução de problemas e estimulam a criatividade, portanto é necessário reaprender como usá-las.

A resistência em relação à tecnologia ocorre tanto porque algumas pessoas subestimam seu valor real no dia a dia quanto por medo de serem mal vistos caso não

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Print

Leia mais sobre este assunto:

Conteudize