Inteligência Artificial Generativa: O Futuro da Resolução de Problemas e Performance

Picture of Maurício "o Estagiario"

Maurício "o Estagiario"

Textos otimizado com nossa IA

Published on outubro 13, 2023, 1:44 am

O lançamento do ChatGPT fez com que a inteligência artificial generativa dominasse as discussões sobre tendências e mudanças para os próximos anos. E essa popularidade faz sentido, já que a nova tecnologia reduz os custos para resolver problemas e também para a própria cognição humana.

Segundo Karim Lakhani, professor da Harvard Business School e especialista em gestão de tecnologia, inovação, transformação digital e inteligência artificial, as IAs generativas são “tecnologias de fundação” que têm o potencial de mudar aspectos da vida humana e ser aplicadas de diferentes maneiras.

Assim como a internet mudou a forma como nos comunicamos, reduzindo o custo da transmissão de informação para praticamente zero, a inteligência artificial generativa está reduzindo o custo da resolução de problemas e afetando principalmente os trabalhadores da área do conhecimento.

A popularidade em torno da IA generativa se dá pelo fato de já contar com diferentes casos de uso e vantagens mais aparentes do que outras tecnologias fundamentais, como o blockchain. Apesar disso, ainda é preciso trabalhar na eficiência e infraestrutura dessa tecnologia, além de lidar com vieses que possam surgir.

As vantagens do uso da IA generativa incluem a capacidade de realizar tarefas mais rapidamente e de forma mais eficiente, impulsionando a performance das pessoas. No entanto, ainda não se sabe exatamente onde essa tecnologia é boa ou ruim. Para matemática, por exemplo, ela pode cometer muitos erros. Por outro lado, ela beneficia as pessoas criativas ao encurtar curvas de aprendizado.

Apesar dessas vantagens, a adoção da IA generativa ainda está abaixo do ideal. Muitos profissionais testam a tecnologia, mas não a utilizam diariamente por falta de familiaridade. Existe um gap entre saber e fazer, e é necessário superar o medo e investir tempo na aprendizagem dessas ferramentas.

A resistência em relação à tecnologia envolve a crença de que ela trará poucos benefícios no dia a dia, o medo de não saber utilizá-la adequadamente e o receio de perder o emprego para ela. É importante superar esses obstáculos e aprender a utilizar as novas ferramentas disponíveis.

Embora seja provável que alguns empregos deixem de existir com a implementação da IA generativa, é fundamental investir em conhecer e usar esses sistemas para aproveitar as oportunidades que surgem. O medo é compreensível, mas negar essa evolução não é a resposta.

Em resumo, a inteligência artificial generativa tem conquistado popularidade pela sua capacidade de reduzir custos na resolução de problemas e melhorar a performance das pessoas. Para aproveitar ao máximo essa tecnologia, é necessário superar o medo e aprender como usá-la corretamente. O futuro é da IA generativa, cabe a nós adaptarmos e nos beneficiarmos dessa evolução tecnológica.

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Print

Leia mais sobre este assunto:

Conteudize