Investimento em Inteligência Artificial é Prioritário, Mas Falta de Regulação Preocupa os CEOs

Maurício "o Estagiario"

Maurício "o Estagiario"

Textos otimizado com nossa IA

Published on outubro 14, 2023, 2:45 pm

Investimento em Inteligência Artificial é Prioritário, Mas Falta de Regulação Preocupa os CEOs

Uma pesquisa recente com mais de 1.300 CEOs ao redor do mundo revelou que a maioria esmagadora deles (72%) considera o investimento em inteligência artificial (IA) como uma prioridade para suas empresas. No entanto, esse mesmo grupo de líderes empresariais também demonstrou preocupação com problemas éticos e a falta de regulação que envolve o uso dessa tecnologia inovadora. Os dados foram obtidos no relatório “CEO Outlook 2023” da renomada consultoria KPGM.

Os resultados da pesquisa mostraram ainda que 90% dos CEOs estão dispostos a recompensar os funcionários que optarem por trabalhar presencialmente, oferecendo melhores tarefas, aumentos salariais e promoções. Isso indica uma clara preferência por um modelo de trabalho presencial nos próximos três anos. Essa mudança é significativa em comparação a 2022, quando apenas 34% dos CEOs manifestaram interesse nesse formato de trabalho.

No entanto, para cerca de um terço dos CEOS entrevistados, o modelo híbrido – combinando trabalho remoto e presencial – seria o mais adequado. Apenas 4% defendem o trabalho totalmente remoto.

A pesquisa também destacou alguns aspectos importantes levantados pelos próprios CEOs:

– 62% gostariam que o trabalho presencial fosse predominante nas empresas;
– 90% afirmam que premiariam funcionários que escolhessem trabalhar presencialmente;
– 81% temem a falta de regulamentação da IA;
– 72% consideram o investimento em IA uma prioridade;
– 57% estão investindo em novas tecnologias;
– 43% estão investindo em capacitação dos colaboradores.

Os números revelaram que a preocupação com a falta de regulamentação da IA é compartilhada por mais de 80% dos CEOs entrevistados. Eles apontam também problemas éticos e altos custos como fatores que suscitam essa preocupação. No entanto, cerca de 77% consideram que o grau de regulação da IA deveria seguir os mesmos princípios adotados para compromissos climáticos.

Diante desses desafios, Steve Chase, vice-presidente de IA e Inovação Digital da KPGM, ressalta a importância das ações proativas tomadas pelos CEOs para enfrentar essas questões: “Os CEOs estão cada vez mais conscientes dos riscos éticos e do rápido avanço das regulamentações relacionadas à IA generativa. Muitos estão tomando medidas proativas para lidar com esses pontos”.

Mesmo em meio às incertezas econômicas, 72% dos CEOs consideram o investimento em tecnologia IA como prioritário. A maioria também está focando seus investimentos na compra de novas tecnologias (57%), ao invés de desenvolver habilidades e capacitar seus funcionários (43%).

Quando questionados sobre as vantagens da implementação da IA em suas organizações, os CEO’s citaram o aumento de lucros, oportunidades de crescimento e criação de novos produtos como alguns dos principais benefícios dessa tecnologia.

Além disso, o levantamento indicou que os CEOs têm confiança no crescimento de suas empresas (79%) e na economia global (77%), mesmo diante de dificuldades estruturais, como inflação, altos custos de captação de capital, transição energética e mudanças no mercado de trabalho. Eles também acreditam que os investimentos em políticas ESG (ambientais, sociais e de governança) trarão retornos financeiros e reputacionais em um período de até cinco anos.

Rob Fisher, líder de ESG da KPGM nos Estados Unidos ressalta: “Cadeias de suprimentos complexas, escassez de talentos e relatórios climáticos exigem desafios significativos. Os CEOs também entendem que a inação pode abrir espaço para concorrentes, o que seria muito mais custoso no longo prazo”.

A pesquisa concluiu ainda que a maioria dos CEOs está aberta a oportunidades de fusões e aquisições, com 54% dispostos a realizar aquisições que terão um impacto significativo em suas empresas.

Em resumo, a pesquisa demonstrou

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Print

Leia mais sobre este assunto:

Conteudize