Meta requer que anunciantes declarem uso de IA em propagandas políticas

Picture of Maurício "o Estagiario"

Maurício "o Estagiario"

Textos otimizado com nossa IA

Published on novembro 8, 2023, 10:44 pm

A Meta, empresa-mãe do Facebook e Instagram, anunciou uma nova medida relacionada ao uso de Inteligência Artificial (IA) e outros softwares na criação ou alteração de imagens e áudios em propagandas políticas. A partir do próximo ano, anunciantes em todo o mundo terão que declarar se utilizaram IA ou qualquer outro tipo de software para manipular esse tipo de conteúdo.

Segundo Nick Clegg, presidente de assuntos globais da Meta, os anunciantes que promovem questões sociais, eleições e política devem indicar se as imagens ou sons foram criados ou alterados digitalmente, inclusive com o uso de IA. Isso é importante para evitar que pessoas reais pareçam dizer coisas que não disseram.

Além disso, os anunciantes também serão obrigados a revelar quando utilizarem IA para criar pessoas fictícias ou eventos falsos que pareçam reais. Os parceiros de verificação da Meta, como a AFP (Agence France-Presse), poderão rotular conteúdos como “alterados” se considerarem que foram criados ou editados de forma enganosa.

Essa nova medida surge em meio aos temores sobre o potencial uso indevido da IA em campanhas eleitorais, incluindo possíveis fraudes. A Microsoft também está tomando medidas para controlar esse problema. A empresa planeja lançar ferramentas no início de 2024 que permitirão aos candidatos incluírem “credenciais” em imagens e vídeos produzidos por eles. Além disso, a Microsoft irá criar uma equipe para auxiliar as campanhas a combater ameaças baseadas em IA.

Essas iniciativas são importantes para garantir a transparência e a autenticidade das propagandas políticas nas redes sociais. Com o avanço da tecnologia, é fundamental estabelecer regras para evitar a disseminação de informações falsas e manipuladas, protegendo assim o processo eleitoral e promovendo uma participação mais consciente por parte dos eleitores.

No cenário atual, em que as redes sociais são ferramentas essenciais para as campanhas políticas, é fundamental que as empresas responsáveis pela gestão dessas plataformas tomem medidas para garantir um ambiente mais confiável e seguro. A utilização da IA pode trazer benefícios significativos, mas também exige um cuidado especial para evitar abusos e manipulações. A transparência na utilização dessa tecnologia é uma peça-chave para o fortalecimento da democracia e a proteção contra possíveis manipulações políticas.

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Print

Leia mais sobre este assunto:

Conteudize