NG.CASH: Fintech de Geração Z alcança marco de 2 milhões de usuários e anuncia sua mudança para São Paulo.

Picture of Maurício "o Estagiario"

Maurício "o Estagiario"

Textos otimizado com nossa IA

Published on maio 11, 2024, 5:14 am

A NG.CASH, uma fintech fundada em 2021 pelo Under30 Mario Augusto de Sá e focada no público da Geração Z, alcançou um marco impressionante neste mês: mais de 2 milhões de usuários. Além disso, para impulsionar ainda mais o seu crescimento, a empresa anunciou sua mudança do Rio de Janeiro para São Paulo.

Segundo Mario Augusto Sá, CEO da NG.CASH, São Paulo é o centro financeiro e tecnológico do Brasil, e estar lá coloca a empresa no centro das atividades. Ele afirma que desejam acelerar o crescimento no mercado e continuar revolucionando o setor financeiro para a Geração Z. Não se trata apenas de oferecer serviços financeiros, mas também proporcionar educação financeira completa aos clientes.

Atualmente, a NG.CASH possui cerca de 70 colaboradores, sendo que metade da equipe estará baseada em São Paulo. O restante permanecerá no Rio de Janeiro e outras regiões do país. Essa mudança representa apenas o início de um novo capítulo para a NG.CASH na maior cidade do Brasil.

Com uma perspectiva voltada para o futuro, a empresa está determinada a continuar inovando e garantindo que os jovens brasileiros tenham acesso às ferramentas e ao conhecimento necessários para uma gestão financeira inteligente e autônoma.

Se você quer se manter atualizado sobre negócios, carreira, tecnologia e estilo de vida, não deixe de seguir a Forbes no WhatsApp. E se quiser saber mais sobre as novidades da NG.CASH, confira os links abaixo:

– “A gente faz o que gostaria de ver”, diz Mario Augusto de Sá, do NG.CASH
– Geração Z e criptomoedas: 49% dos jovens investem apenas em bitcoin

Essa conquista da NG.CASH é uma demonstração clara do sucesso que a empresa está alcançando. Continue acompanhando as notícias para ficar por dentro das próximas novidades dessa fintech inovadora.

Fonte: Forbes Brasil

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Print

Leia mais sobre este assunto:

Conteudize